O que uma banheira tem a haver com a minha bicicleta ?

... pois é, provavelmente só a conhece quando a utilizas para a lavar, mas na realidade tem muito mais a haver do que aquilo que pensas.

Na realidade não é bem a banheira, mas sim, a curva da banheira...

A curva da banheira, é uma mnemónica que é utilizada em manutenção para descrever a probabilidade de falha de uma peça, como por exemplo uns travões, uma suspensão ou até mesmo um desviador electrónico.

Numa peça, componente, etc, existe três tipos de avarias ou falhas. As falhas de montagem ou de instalação, as falhas aleatórias, e as falhas de fim-de-vida ou de desgaste.

Se analisarmos de forma isolada as falhas ao longo da vida de uma peça, parece obvio que as de instalação serão mais frequentes no início da vida, que as aleatórias possam ocorrer ao longo da vida da peça, e as de desgaste no final do tempo de vida util das peças.

Se somarmos todas estas influências, verificamos que tem o aspecto de uma banheira...

Por este motivo é importante, que quando experimentares um novo componente ou a tua bicicleta nova, o faças com mais cuidado e sobretudo atento/a a sinais que possam ser indiciadores de falhas.

Fica o conselho... nada de saltos da escada à saída da loja !

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© Cabra Montêz, Lda - Rua Dona Inês de Castro, Nº9 Loja A 2605-658 Belas. www.cabramontez.com GPS: 38.764869, -9.279693